Músicos de palco ou Ministros do Altar?

A Adoração é um modo de vida, não uma forma pratica de adorar. Não adoramos quando estamos no palco, somos adoradores que ministramos e somos ministrados quando nos posicionamos de modo específico no altar de DEUS. Muitos do que se apresentam diante do povo não estão  vivendo o estilo de vida da adoração. Adoração tem a ver com o sacrifício com justiça e com amor.

Onde há adoração se manifesta um espirito de santidade e temor.. O aroma do amor de Deus paira no ar. Nada fica ofuscado no ambiente da adoração. Todos sabem quem, presente ali, Deus está agindo. Lembremo-nos sempre de que, como adoradores, o importante  não é como começamos, mas sim como terminamos.

Precisamos levar essa geração do século XXI a um significado profundo para a adoração – especialmente no que  diz respeito a música. Além de focalizar a excelência  na arte musical, a genuína adoração busca, acima de tudo, a santidade, amor e a verdadeira devoção em sacrifício a Deus. Afinal, que tipo de servos de Deus na música somos nós? Músico do palco ou Ministros do altar?

Pr. Jonatas Liash

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s